Wp/hrx/Help:Informações em português

From Wikimedia Incubator
< Wp‎ | hrxWp > hrx > Help:Informações em português
Jump to navigation Jump to search

Informações[edit | edit source]

Se você não entende a língua utilizada nesta Wikipédia, esta página contém informações para você. O Hunsriqueano é uma língua de imigração falada no Rio Grande do Sul e regiões adjacentes.[1] Em 2014 o Hunsriqueano completou dois séculos de existência em solo brasileiro. Ao contrário do que muita gente pensa, o Brasil não é um país monolíngue; e além das mais de cem línguas autóctones, ou indígenas, da terra, também há algumas línguas no país que são um legado dos processos colonizadores da nação. O hunsriqueano na verdade é a segunda língua mais falada no Brasil; outra língua que é legado de processos migratórios é o Talian, um dialeto vêneto encontrado somente no sul do Brasil, o polonês, e o japonês; ainda, além de outras pequenas ilhas linguísticas bem menores, milhares de brasileiros e brasileiras falam o espanhol nas regiões fronteiriças do Brasil. O Riograndenser Hunsrückisch é falado por volta de um a três milhões de falantes no Rio Grande do Sul, onde sempre se concentrou o maior número de falantes de alemão no Brasil. Falantes desta bem estabelecida e academicamente estudada variedade bem brasileira de alemão também imigraram para fora do estado, levando para o oeste catarinense, o oeste paranaense, e mesmo para a Argentina e para o Paraguai esta variedade unicamente brasileira das línguas germânicas. Quem não consegue pronunciar o nome da língua em alemão, pode utilizar o nome Hunsriqueano Riograndense. O nome da língua remente à região do Hunsrück, uma região montesa pré-alpina do sudoeste da Alemanha, um dialeto que acabou virando língua franca entre as muitas levas de imigrantes da Alemanha.

Como aprender?[edit | edit source]

O Hunsriqueano, por ser uma língua ameaçada hoje em dia, começou a ganhar recursos já desde o inicio do século, principalmente a com a Dr. Ursula Wiesemann, no entanto foi na década passada que o número de conteúdo passou a aumentar. Por exemplo, os livros A Gramática do Hunsriqueano e O Dicionário do Hunsriqueano, ambos feitos por Adriano Steffler. Além de outros projetos feitos diretamente por falantes ou projetos universitários como o site Riograndenser Hunsrickisch ou o projeto da UFRGS: "Um Inventário de uma Língua Nacional". No momento, recomendamos que se utilize o site Riograndenser Hunsrickisch por ser o que mais disponibiliza informação e recurso sobre a língua de forma grátis. Também é possível encontrar dicionários e pequenos cursos de hunsriqueano no Facebook.

Veja também[edit | edit source]

Referências[edit | edit source]

  1. Hunsrückisch in Rio Grande do Sul - Beitrag zur Beschreibung einer Deutschbrasilianischen Dialektvarietät im Kontakt mir dem Portugiesischen von Cléo Vilson Alntenhofen (1995). Mainzer Studien zur Sprach- und Volksforschung 21; Franz Steiner Verlag - Stuttgart; Dr. phil. dissertation, 406+ pp. with an abstract in Englisch.